Isenção de Imposto de Renda: nova regra beneficia trabalhadores

Programa Desenrola Pequenos Negócios renegocia mais de R$ 1 bilhão em dívidas
10 de junho de 2024
Nubank projeta uso de IA para aconselhar clientes financeiramente
10 de junho de 2024

Isenção de Imposto de Renda: nova regra beneficia trabalhadores

Desde fevereiro de 2024, uma importante mudança na política tributária brasileira começou a impactar positivamente a vida de milhares de trabalhadores.

O governo federal anunciou a ampliação da faixa de isenção no Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) para aqueles que recebem até dois salários mínimos, uma medida que eliminará a cobrança do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF) para este grupo.

Com a alteração, pessoas que se enquadram nesta faixa de renda anual não precisam mais preocupar-se com o desconto mensal do IRRF em seus contracheques.

Contudo, é fundamental entender que a medida aplica-se exclusivamente a trabalhadores cujo rendimento não ultrapasse os dois salários mínimos e que não possuam outras fontes de renda

Isso representa uma significativa melhoria na gestão do orçamento familiar para milhões de brasileiros.

O que mudou com a nova faixa de isenção no IRPF?

Anteriormente, o limite para isenção era menor, e muitos trabalhadores acabavam pagando uma alíquota proporcional a seus ganhos.

Com a sanção presidencial de fevereiro de 2024, agora quem ganha até R$2.824, valor equivalente a dois salários mínimos, está isento de pagar o IRRF.

Tal ajuste busca não apenas aliviar o bolso do trabalhador mas também simplificar o sistema tributário para esta parcela da população.

Diego Cabral, advogado trabalhista, explica que o Imposto de Renda é uma das principais fontes de receita do governo federal e é crucial que haja clareza em suas regras.

A estrutura é projetada para ser progressiva, ou seja, as taxas aumentam conforme os rendimentos do indivíduo, mas essa nova medida visa proteger especialmente os que menos ganham.

Fonte: O Antagonista

Os comentários estão encerrados.