BANCÁRIOS AVANÇAM NAS NEGOCIAÇÕES E GARANTEM SUSPENSÃO DOS EFEITOS DA MP 905

CONTEC TEM REUNIÃO COM A FENABAN NESTA TERÇA-FEIRA SOBRE A MP 905
26 de novembro de 2019
FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL APROVAM PROPOSTA DE RECUPERAÇÃO DO PLANO DE SAÚDE
29 de novembro de 2019

BANCÁRIOS AVANÇAM NAS NEGOCIAÇÕES E GARANTEM SUSPENSÃO DOS EFEITOS DA MP 905

BANCÁRIOS AVANÇAM NAS NEGOCIAÇÕES E GARANTEM SUSPENSÃO DOS EFEITOS DA MP 905

Reunião da mesa Contec com a mesa  Fenaban, realizada  em São Paulo conquista avanços sobre a aplicação da MP 905

Na reunião da Contec com a Fenaban, foi assegurada a manutenção da jornada de segunda a sexta-feira, bem como que não haverá aumento de jornada de 6 para 8 horas e que a PLR continuará sendo negociada com os sindicatos.

Foi realizada com avanços a negociação de terça-feira (26) da Contec com a Fenaban, no Maksoud Plaza, em São Paulo. Ao final da reunião, a ficou assegurado a manutenção da jornada de segunda a sexta-feira, bem como que não haverá aumento de jornada de 6 para 8 horas e que a PLR continuará sendo negociada com os sindicatos.

Durante as negociações dessa terça-feira, foi debatido o aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria, garantindo os direitos, a jornada e impede a redução salarial dos bancários. Os bancos propuseram mudanças que mantêm o que diz a MP e contrariam o que está na CCT. Mas os dirigentes bancários marcaram posição de que não poderiam fazer um acordo deste, pois seria reabrir as negociações de termos já negociados e definidos em acordo coletivo.

Aceitar as mudanças propostas seria desconsiderar o valor de mesa de negociações, “pois foi negociado uma CCT e, apesar disso, os banqueiros se sentem no direito de ir ao governo e pedem uma medida provisória, desrespeitando a mesa de negociação dos dois lados. Queremos apenas garantir o que firmamos em nosso acordo de dois anos”.

SUSPENSOS EFEITOS DA MP 905
Ao final do dia de reunião da Contec com a Fenaban, as negociações sobre o texto do aditivo avançaram bastante, garantindo a jornada, a negociação da PLR apenas pelos sindicatos, mas dado o avanço da hora as negociações continuarão nos próximos dias, restando alguns detalhes sobre a vigência. Até que o aditivo seja assinado, os efeitos da MP 905 continuam suspensos.

Os comentários estão encerrados.