Acordo no Santander garante bolsas de estudo

Operações resgatam brasileiros em trabalho escravo
30 de setembro de 2022
Como se proteger de tristeza, raiva e medo após eleição
1 de outubro de 2022

Acordo no Santander garante bolsas de estudo

A mobilização dos bancários garante vitórias importantes. No Santander, a renovação do ACT (Acordo Coletivo de Trabalho), que tem validade até agosto de 2024, assegura direitos como 2.500 bolsas de estudos para os funcionários.

Os valores do benefício serão reajustados pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) e devem corresponder a 50% da mensalidade de graduação e pós-graduação. Até dezembro deste ano, o limite será de R$ 726,00 para cada bolsa. Já em 2023, de R$ 784,08.

Outros direitos também foram conquistados. É o caso da extensão do período de amamentação, que no Santander saiu de 9 meses para 12 meses, com a possibilidade de uso pela mãe ou pai. Tem ainda a manutenção do pagamento da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e do PPRS (Programa Próprio de Resultados) e a inclusão de uma cláusula de repúdio à violência contra a mulher.

 

Fonte: Seeb/CP

Os comentários estão encerrados.